Caruaru sedia a última oficina de desdobramento da Gestão Estratégica do MPPE em 2019

Cerca de 35 promotores de Justiça das 4ª, 5ª e 6ª Circunscrições Ministeriais, sediadas em Arcoverde, Garanhuns e Caruaru, respectivamente, estiveram reunidos na manhã de hoje (9) para participar da última oficina de desdobramento da Gestão Estratégica deste ano. As ações estão sendo realizadas pelo Comitê de Gestão Estratégica, pela Assessoria Ministerial de Planejamento e Estratégia Organizacional (Ampeo) e pela Secretaria Geral do MPPE.

A coordenadora da 6º Circunscrição Ministerial, promotora de Justiça Gilka Miranda, ressaltou que a reunião foi produtiva e que teve como ponto positivo a abertura de um espaço para a manifestação dos promotores de Justiça, que apresentaram suas dificuldades e trouxeram sugestões de melhorias para a atuação institucional.

“Ouvimos sugestões muito positivas para suprir as dificuldades dos membros e implementar alguns pontos para tornar o desenvolvimento das iniciativas ainda mais eficaz. Na Circunscrição sediada aqui em Caruaru, já decidimos nos reunir em janeiro de 2020 para formular uma ação em bloco com iniciativas organizadas na área da saúde, que foi apontada como prioritária no Mapa Estratégico. Isso é muito importante porque as deficiências nos serviços de saúde de uma cidade se refletem nas cidades vizinhas e, muitas vezes, os gestores públicos não possuem essa compreensão. Com essa atuação em rede dos promotores de Justiça e o suporte técnico dos Centros de Apoio Operacionais, podemos ter melhores resultados daqui para a frente”, declarou Gilka Miranda.

O portfólio de projetos institucionais foi detalhado pelo gerente ministerial de Programas e Projetos, José Arnaldo Guimarães, e pelo gerente ministerial de Estatística, Carlos Gadelha. Eles também detalharam os painéis de contribuição nas áreas extrajudicial, judicial Cível, judicial Criminal e Centrais e Inquéritos, o material de apoio que está sendo disponibilizado e os indicadores que serão usados para medir a evolução das ações. Por fim, a Ampeo entregou aos promotores de Justiça presentes as minutas de adesão, para que cada um deles opte por, no mínimo, um projeto e um painel de contribuição para implementá-los nas Promotorias em que atuam a partir de 2020.

“A meta principal deste ciclo da Gestão Estratégica do MPPE é fortalecer a atuação extrajudicial e o trabalho dos membros de forma proativa e preventiva. Agregar todos que fazem o MPPE nesse esforço é fundamental para que os resultados sejam efetivos. O procurador-geral de Justiça Francisco Dirceu Barros e a Administração Superior do MPPE estão engajados no planejamento, visto que ele é fator determinante no atingimento dos resultados pretendidos por nós e esperados pela sociedade”, enfatizou o secretário-geral do MPPE, Maviael Souza.

*Texto da AMCS e publicado originalmente no sitio do MPPE em 09/12/2019

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *