12ª RAE: Reunião discute os rumos do MPPE para os próximos seis anos.

Imagem

Um Ministério Público de Pernambuco (MPPE) mais plural, mais ágil e mais próximo da sociedade. Foi tendo essa diretriz como norte que membros e servidores da instituição marcaram presença, na terça-feira (7), no Salão dos Órgãos Colegiados, no bairro de Santo Antônio, na região central do Recife, e discutiram uma série de ações, iniciativas e indicadores durante a 12ª rodada da Reunião de Avaliação de Estratégia (RAE).

Presidida pelo procurador geral de Justiça, Francisco Dirceu Barros, a 12ª RAE tratou de debater assuntos que integram a Gestão Estratégica 2013-2017 e que também farão parte, como parâmetros, do novo ciclo, que se iniciará no ano que vem e se estenderá até 2023. “É preciso que tenhamos ciência do nosso papel e que projetos desenvolvidos de vem ser prioritários”, lembrou Francisco Dirceu Barros, durante um de suas intervenções durante a reunião.

Integrante do Núcleo de Apoio Executivo, o promotor de Justiça Antônio Fernandes apresentou vários dados que apontam a direção que o MP PE tem seguido nos últimos. “Há o reconhecimento do avanço do volume de indicadores de iniciativas institucionais, tanto em volume quanto em qualidade”, reforçou. Foram avaliados, por exemplo, dados que integram projetos estratégicos como Atenção Básica à Saúde – implantado em 165 municípios -, Pacto dos Municípios pela Segurança Pública (com um incremento de 42% no número de cidades que aderiram ao projeto) e Lixo, Quem se Lixa?, que celebrou 124 Termos de Compromisso Ambiental (TCA) para a regularização e implantação de aterros sanitários.

Os participantes da 12ª RAE ainda aprovaram o Plano de Comunicação para a Gestão Estratégica 2018-2023, que mantém os pilares do plano atual, uma vez que, na fala da publicitária Andrea Corradini, da Assessoria Ministerial de Comunicação Social, não se trata de uma ruptura, mas de aperfeiçoamento e manutenção dos princípios que obtiveram êxito entre 201 3 e 2017. A próxima Reunião de Avaliação de Estratégia está marcada para janeiro do ano que vem.

*Texto produzido pela AMCS e publicado originalmente no Diário Oficial do Estado de Pernambuco em 09 11 2017